Image Image Image Image Image
Scroll to Top

To Top

Hortas orgânicas comunitárias oferecem opção de alimentos saudáveis

Hortas orgânicas comunitárias oferecem opção de alimentos saudáveis

Parte importante de um lifestyle mais saudável e sustentável, os alimentos orgânicos por vezes encontram algumas dificuldades para se popularizarem em grandes centros urbanos, já que as fazendas de cultivo tendem a ser mais afastadas da cidade e os custos com transporte e conservação são repassados ao consumidor, tornando este tipo de alimento menos acessível.

Algumas cidades pelo mundo já encontraram formas de incentivar a produção dentro do perímetro urbano oferecendo mais opções saudáveis e um hobby para a comunidade, já que, além de participarem ativamente da produção, são ministrados workshops sobre jardinagem para os interessados.

Em Todmordem, na Inglaterra, por exemplo, a agricultura familiar é muito valorizada desde a II Guerra, porém, além de familiar, hoje este cultivo é solidário com o projeto “Incredible Edible Todmorden”. Há pontos específicos da cidade onde são cultivadas ervas, verduras e legumes por moradores da cidade, mas eles vão além, e qualquer cantinho pode virar canteiro para a população. E quando alguém precisa de uma salada ou tempero fresquinho, é só andar pela cidade e colher o que precisa.

Seattle também tem a sua ‘floresta comestível’, ou pelo menos está no caminho. Por lá, no bairro de Beacon Hill um antigo terreno de sete hectares começou a ser cultivado por membros da comunidade. A ideia é que Beacon Food Forest” seja um parque linear, no qual a comunidade possa passear e apreciar os frutos.

Já em Hell’s Kitchen, distrito de Nova York, a ideia de ter uma horta comunitária surgiu da necessidade de inserir alimentos saudáveis no dia a dia da população. Então, igrejas e organizações da região se uniram para dar vida ao Hell’s Kitchen Farm Project, em uma área de 370 m² no telhado de uma igreja local. Além da plantação, há workshops de nutrição para os moradores e uma feira, onde parte da produção é comercializada. As pessoas em situação financeira mais vulnerável também são beneficiadas e recebem doações de hortaliças e frutas. Tudo, claro, orgânico e fresco.

Essas iniciativas não só oferecem uma nova fonte de alimentos, mas também uma oportunidade de engajamento da comunidade em torno de uma causa e também entre si.

 

Posts relacionados:

Telhados verdes deixam as cidades mais coloridas e sustentáveis

Soluções indoor para o cultivo de plantas tornam possível o contato com a natureza em grandes cidades


Enviar um comentário