Image Image Image Image Image
Scroll to Top

To Top

Frank Gehry, o arquiteto das obras em movimento

Frank Gehry, o arquiteto das obras em movimento

O conceito de ‘starchitect’ começou a ganhar força pelo mundo a partir do final dos anos 70. E um dos principais responsáveis por isso foi o arquiteto Frank Gehry, que com sua obra mais icônica, o Museu Guggenheim Bilbao, conseguiu revitalizar uma área degradada, que passou a atrair novos investimentos, negócios e se transformou em local turístico.

O ‘efeito Guggenheim’ passou a ser o principal argumento daqueles que defendiam as formas não convencionais e mais high-tech para novos empreendimentos, mesmo quando estes exigiam investimentos muito altos para se concretizarem. A partir daí, o trabalho dos arquitetos passou a ser ainda mais valorizado, o que por sua vez, contribuiu para alçar os profissionais ao patamar de celebridades.

As obras de Gehry se tornaram mundialmente conhecidas e aclamadas por público e crítica, por sua grandiosidade, criatividade e inovação no uso dos materiais. Uma das principais características é o fato de que as linhas se misturam de maneira a parecer que os prédios e monumentos estão em movimento, como a Casa Dançante, em Praga ou edifício Dr. Chau em Sidney.

Conheça esses e outros trabalhos de Gehry na galeria de fotos.

 

Post relacionado
Desconstruindo a arquitetura: conheça as obras icônicas de Zaha Hadid

Enviar um comentário