Image Image Image Image Image
Scroll to Top

To Top

Conheça os 10 melhores e mais eficientes sistemas de metrô do mundo

Conheça os 10 melhores e mais eficientes sistemas de metrô do mundo

Não é segredo que o congestionamento nas grandes cidades causa uma série de prejuízos financeiros e também para a saúde. E é somente com um sistema de transporte público de qualidade, que interligue os diferentes modais, que é possível melhorar este problema.

Algumas cidades entenderam há muito tempo a necessidade de investimento no setor de transportes, e por este motivo são, hoje, consideradas referências em transporte para o resto do mundo.  Confira abaixo, uma lista com os 10 melhores lugares:

Moscou, Rússia
O sistema ferroviário da cidade conta com 305 km de extensão, e apesar da enorme quantidade de pessoas que o utilizam diariamente, cerca de 7,5 milhões de passageiros por dia, ainda é um dos mais pontuais.

Tóquio, Japão
Um dos sistemas mais completos do mundo, conta com metrô, ônibus, trem, balsa, VLT e BRT, entre outros. São cerca de 195 km de trilhos de metrô na cidade e todos os modais são limpos e bem cuidados, ainda mais pontos positivos.

Copenhagen, Dinamarca
Mesmo sendo um dos mais novos sistemas construídos, foi finalizado em 2002, o metrô de Copenhagen já é um dos mais eficientes, e conta com um programa de transporte de bicicleta.

Taipei, Taiwan
Mesmo cobrando uma das passagens de metrô mais caras do mundo, Taipei entra para a lista devido à segurança nos trens e estações, limpeza, organização e vários outros itens que aumentam a confiança dos usuários. As regras, porém, são rígidas: nada de comer ou beber nos vagões.

Berlim, Alemanha
Trens bem conservados e pontualidade são as principais característica do metrô de Berlim, que se conecta com outros meios de transporte coletivo. Por lá, os trens saem a cada dois minutos nos horários de pico.

Paris, França
Em qualquer lugar da cidade é possível encontrar um acesso ao metrô a cada 500 ou 600 metros, em média. Por dia, são cerca de 4,5 milhões de usuários, e lá que fica a maior estação subterrânea do mundo, a Chatelêt les Halles.  Além da integração com outros transportes públicos, a cidade possui um sistema de compartilhamento de bicicletas incrivelmente eficiente.

Hong Kong, China
De todas as locomoções diárias na cidade, 90% é feita por transportes de massa, tendo o metrô como via principal. O ‘bilhete único’ deles também pode ser usado em lojas de conveniência, lanchonetes e parquímetros, entre outros.

Londres, Inglaterra
Mesmo sendo o mais antigo do mundo, inaugurado em 1863, o metrô de Londres é um dos mais pontuais e eficientes. São 268 estações na cidade e 400 km de extensão. Além disso, os passageiros podem optar por bondes, ônibus e trens de superfície.

Seoul, Coreia do Sul
Além da abrangência, a rede de metrô possui 327 km de extensão, pontualidade e integração entre os diferentes transportes, Seoul também oferece wi-fi em todas as estações e robôs que ajudam os usuários.

Nova York, Estados Unidos
De cidade caótica a exemplo de mobilidade, Nova York deu a volta por cima. O metrô funciona 24 horas por dia e tem 468 estações para atender os 5,5 milhões de usuários que passam por lá diariamente, isso sem contar com os ônibus, trens e sistema de compartilhamento de bicicletas da cidade.

Post relacionado:
Integração entre transporte público e bikes facilita transporte em grandes cidades

 

Enviar um comentário